O que aprendemos sobre Embalagens Personalizadas com Steve Jobs?

Leander Kahney convidou o leitor a uma interessante reflexão em sua biografia de Steve Jobs com uma frase citada logo no começo do livro:

“Embalagem pode ser teatro, ela pode contar uma história”.

É interessante pensar que o então CEO de uma das companhias mais bem-sucedidas do mundo dedicava tanto tempo e estudos para que embalagens personalizadas acompanhassem e fossem tão impactantes quanto seus produtos.

Isso deu tão certo, que é difícil ver alguém comprar um Iphone e se desfazer da caixinha, e também é nítido o pertencimento que isso provoca nos consumidores, basta ver os carros de usuários da marca, quase sempre vai ter um adesivo personalizado da maçãzinha.

Jobs acreditava que a experiência de desencaixotar um produto tem impacto significativo na expectativa do consumidor, constituindo uma poderosa ferramenta de branding.

Ele implantou esse conceito pela primeira vez em 1984, com o lançamento do mouse para o Mac.

Ok, ok, mas você deve estar pensando:

Eu não sou o Steve Jobs, e minha empresa está longe de ser uma Apple. Ainda sim você pode de maneira simples produzir embalagens personalizadas. Se você está lendo esse post, já mostra que você se preocupa coma aparência do produto, e isso já é uma vantagem competitiva.

A Fision Embalagem se orgulha por poder agregar valor a seus produtos, as vezes é difícil escolher a melhor embalagem personalizada, se é interessante utilizar Sacolas de Papel ou Sacolas da Plástico, ou mesmo caixas personalizadas. Independentemente da escolha, o simples fato de diferenciar seu produto, já melhora a experiência do cliente, o que deve ser sempre a meta da sua empresa.

Durante a jornada do cliente dentro de sua empresa, tente ser efetivo em todas os momentos (desde a embalagem personalizada). Com certeza você terá, assim como existe muitos hoje da Apple, defensores de sua marca e clientes felizes.